Vivo e PayPal lançam serviço de pagamentos móveis sem Internet

A Vivo e o PayPal anunciaram uma parceria para o lançamento de um novo serviço de pagamentos por celular com foco nas recargas de pré-pagos. As transações acontecem sem a necessidade de conexão à Internet, por meio de uma tecnologia similar ao SMS, chamada de USSD, disponível em aparelhos GSM, mesmo modelos mais simples.

Notícias relacionadas

A ideia é permitir tanto o envio e o recebimento de valores via qualquer celular, mas, principalmente, possibilitar a própria recarga do aparelho sem a necessidade de uma conexão com a web. “Temos uma aderência forte com o negócio de recarga, são mais de 50 milhões dessas operações por mês. Acho que o serviço vai criar um hábito, um entendimento sobre como operar um pagamento no celular”, afirma o diretor-geral da Telefônica/Vivo, Paulo Cesar Teixeira.

No entanto, o modelo de negócios exige que ambas as partes sejam clientes da Vivo e tenham um cartão de crédito vinculado à conta do PayPal, o que significa uma taxa de 5,4% a 6,4% para quem recebe, dependendo do valor da transação. Além disso, o usuário precisa pagar à Vivo R$ 1 por cada pagamento, independente da quantia. Mesmo assim, as companhias focam em operações pequenas, que substituam o dinheiro, com, no máximo, R$ 200 por transação, embora não estabeleçam um limite real.

Segurança

O sistema USSD funciona como uma espécie de SMS, mas o dado depois é dividido em uma Unidade de Resposta Audível (URA), dificultando a interceptação. “O fato de quebrarmos em dois canais praticamente traz barreiras intransponíveis”, exalta o diretor de produtos e serviços verticais da Vivo, Maurício Romão. De acordo com a PayPal, as informações dos clientes são armazenadas de acordo com critérios de proteção de dados. A senha é solicitada apenas no cadastro obrigatório pelo próprio aparelho ou pela Internet.

As operações são monitoradas por uma equipe de segurança antifraude da companhia de pagamentos digitais, mas as transações e consequentes liquidações financeiras estão todas vinculadas às empresas de cartão de crédito. Apesar da exclusividade inicial com a Vivo, a meta é fornecer em breve uma solução compatível não só com celulares de outras operadoras, mas também comunicável com uma conta PayPal na web, desvinculada a um número de telefonia móvel. “Temos vários parceiros, como Ponto Frio, Estante Virtual, Peixe Urbano e Groupon. [O usuário] vai poder ver um produto e comprá-lo pelo telefone, mas isso não está pronto ainda”, afirma o head da PayPal na América Latina, Mário Mello, sem divulgar datas definitivas.

Desenvolvido em uma parceria global, o sistema da Vivo com a PayPal é um lançamento mundial realizado no Brasil e, “em breve”, o produto deverá ser expandido para China, Rússia e Índia. A Vivo, por outro lado, confirmou estar realizando testes-piloto com a tecnologia de proximidade de campo (NFC), mas ainda aguarda uma regulamentação estabelecida pelo Banco Central sobre mobile payment.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.