Débora Ivanov é indicada pelo MinC a ocupar presidência da Ancine definitivamente

O Ministério da Cultura oficializou ao Palácio do Planalto a indicação de Débora Ivanov para assumir definitivamente a presidência da Ancine. Débora ocupa o cargo interinamente desde a saída de Manoel Rangel, mas sua efetivação depende ainda da presidência da República, mas não será necessário um novo processo de sabatina e aprovação pelo Senado, uma vez que ela já ocupava uma das diretorias e teve seu nome aprovado no Congresso. Na Ancine, a indicação ao Senado costuma já ser específica para a função, mas a interpretação do MinC é que isso pode ser resolvido por decreto.

Em entrevista exclusiva a este noticiário, Débora elencou as principais prioridades da agência em sua gestão: além de dar continuidade ao trabalho que vinha sendo desenvolvido, ela pretende avançar na regulamentação sobre direitos, simplificar processos e a carga regulatória da agência e dar encaminhamento rápido ao Conselho Superior de Cinema sobre a proposta de regulamentação de VoD. Segundo Débora, a ideia é concluir até o final de julho o ciclo de conversas com os diferentes atores do mercado de vídeo sob demanda para que o Conselho possa deliberar sobre a diretriz política e, sendo o caso, recomendar ao Executivo que encaminhe uma proposta de lei ao Congresso.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.