Takenet lança o Torpedão

Nos últimos três anos, a Takenet trabalhou no desenvolvimento do "Torpedão", serviço que este mês finalmente teve seu lançamento comercial realizado. Trata-se de uma plataforma acessível e gerenciada via web que permite a qualquer empresa criar canais para envio de notícias ou alertas via SMS e, em uma segunda fase, vender conteúdo multimídia via download. Um dos diferenciais em relação a outras soluções disponíveis no mercado é que o Torpedão disponibiliza para o criador do canal conteúdos fornecidos à Takenet por diversos parceiros, como Estadão, iG, Terra, dentre outros. No caso de mensagens de texto, o dono do canal pode gerar seu próprio conteúdo, se preferir. Por cada mensagem é cobrado R$ 0,10 do usuário final. A receita é dividida entre operadora, Takenet, provedor de conteúdo e o criador do canal. Descontada a parte da operadora, o criador do canal fica com um percentual que varia de 30% a 50%, dependendo do tipo de conteúdo. O large account do Torpedão é compartilhado por todos os canais, variando apenas a palavra-chave de acesso. O número para envio de mensagens é 49810.
Segundo o presidente da Takenet, José Carlos La Motta, o público alvo do serviço são pequenas e médias empresas, que hoje enfrentam dificuldade para ter uma presença móvel. "Quero facilitar a entrada no celular para marcas com budget publicitário pequeno", explica o executivo. Além disso, o Torpedão pode interessar também a grandes marcas que queiram lançar com mais agilidade no celular algum projeto novo.
WAP site
Em uma segunda fase, será possível criar WAP sites usando templates disponibilizados pelo Torpedão. A possibilidade de agregar a um canal conteúdo para download terá sua homologação junto às operadoras iniciada ainda este mês. A princípio, os criadores de canais poderão usar apenas conteúdo multimídia fornecido pelos parceiros da Takenet.
La Motta enxerga o movimento da Takenet como uma tendência que outros concorrentes seguirão no futuro: unir interatividade via SMS e downloads em uma plataforma única e aberta para ser trabalhada por terceiros. Ele entende que a Takenet está em uma posição privilegiada por já ter centenas de contratos com parceiros de conteúdo na área de downloads, o que levará tempo para outras empresas conseguirem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.