Edital para Wi-Fi público em São Paulo prevê 120 áreas cobertas e controle de conteúdo

A Prodam, Companhia de Processamento de Dados e TI da cidade de São Paulo, abriu nesta terça, 7, consulta pública de 15 dias para o edital de contratação das empresas fornecedoras da rede Wi-Fi em locais públicos da cidade. A rede será gratuita à população, sendo a remuneração do prestador justamente o objeto da licitação pelo critério de melhor preço. Serão 120 áreas na capital paulista cobertas, entre praças, parques e locais de grande circulação. Áreas gigantescas, como o Parque do Ibirapuera, ou de muito movimento, como o Vale do Anhangabaú, estão previstas para terem cobertura. Serão ao todo cinco lotes licitados.

Chama a atenção o grau de exigência do edital. As redes precisam operar em duas frequências (2,4 GHz e 5 GHz), com capacidade de formação de rede Mesh, e devem atender a todas as especificações do padrão Wi-Fi, incluindo o mais recente padrão 802.11ac.

A capacidade dos links também deve ser um desafio. Está previsto no edital que cada hotspot tenha condições de assegurar uma conexão de pelo menos 512 kbps de downlink e uplink para cada usuário simultâneo. Cada área tem um padrão de usuários simultâneos requeridos, podendo ir até mil usuários, dependendo da área. A cobertura também é desafiadora e será definida pela Prodam nos projetos, mas deve assegurar determinados níveis de criticidade em função do número de usuários por metro quadrado previstos.

Outro desafio é a necessidade de assegurar, dentro de cada área de cobertura, o handover entre as estações base .

Neutralidade

Uma curiosidade: a prefeitura de São Paulo colocou no edital uma série de exigências em relação à possibilidade de controle dos conteúdos trafegados. A rede deve ter capacidade de restrições a sites e conteúdo, possibilidade de restrição individual de velocidades até o limite de zero e a possibilidade de traffic accounting, ou seja, controle individual de tráfego.

A íntegra do edital está disponível no site da Prefeitura de São Paulo. O tema será discutido em audiência pública a ser realizada no próximo dia 10, às 10:00, na Prefeitura Municipal, no Viaduto do Chá, 15 – 7º andar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.