Fabio Faria volta aos EUA para visitar big techs e empresas de streaming

Em mais uma viagem internacional, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, realizou ao longo dessa semana uma série de reuniões com as big techs norte-americanas. Ele foi a São Francisco e Los Angeles, nos Estados Unidos, encontrar-se com representantes das Google, Youtube, Meta (Facebook), Disney, Netflix, Warner, Intel e CoreSite. Segundo a pasta, Faria foi em busca de investimentos em inovação e parcerias para o desenvolvimento de tecnologias no Brasil.

Iniciando a agenda na segunda, 4, a missão técnica coordenada por Fabio Faria foi à sede da Intel, onde discutiu sobre o uso de chips, novas tecnologias com 5G e Wi-Fi 6E. "Essas reuniões são importantes para que o Brasil se torne um hub tecnológico", apontou Fábio Faria. Seguindo a missão oficial no país norte-americano, a comitiva conheceu as instalações da Meta, aglomerado proprietário do Facebook, Instagram e WhatsApp.

Faria também visitou a sede da Motion Picture Association (MPA), associação que reúne estúdios de cinema nos EUA. Representantes da Warner, Netflix e Disney estiveram com a secretária-executiva do MCom, Estella Dantas, que destacou que o Brasil figura como um dos principais consumidores de streaming do planeta, o que a pasta acredita despertar interesse das empresas do setor.

Notícias relacionadas

5G

Na CoreSite, Fabio Faria tratou de assuntos relacionados à infraestrutura. "Com a chegada do 5G, os sistemas produtivos demandarão a criação de diversos datacenters, principalmente por causa da Internet das Coisas (IoT)", lembrou o ministro durante visita à empresa. A CoreSite investe em centros de processamento de dados no mundo inteiro, hospedando aplicações e informações que viabilizam a operação de diversos negócios. Somente nos Estados Unidos, possui 25 datacenters em funcionamento.

No último dia da missão oficial, na quinta, 7, a delegação brasileira se reuniu com membros do Google e Youtube para debater investimentos em inovação e em empresas de educação no Brasil. O ministro diz que a turnê pelos Estados Unidos proporcionou à pasta conhecer "prováveis aliados para levar mais inclusão digital, capacitação e recursos tecnológicos com potencial para alavancar o sistema produtivo no nosso país", avaliou Fábio Faria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.