EACE escolhe ex-Telebras como presidente

Foto: Pixabay

As operadoras de telecomunicações sócias da Empresa Administradora dos Compromissos de Educação (EACE), entidade responsável pela gestão do orçamento do edital destinado a projetos de conectividade em escolas, escolheram para presidir a entidade Maxwell Borges de Moura Vieira, executivo que ocupava a diretoria administrativa e financeira da Telebrás. A informação foi publicada pelo blog Capital Digital e confirmada por este noticiário. Maxwell Vieira é um nome com circulação nos meios políticos e chegou inclusive a surgir em listas de possíveis indicados para ocupar a presidência da Anatel. A EACE tem as operadoras vencedoras do leilão de 5G como acionistas: Vivo, TIM, Claro, Algar e Neko (Surf Telecom).

Segundo apurou este noticiário, a indicação de Maxwell Vieira cumpre justamente o papel de ter uma figura de trânsito governamental à frente da entidade, que deve receber demandas políticas permanentes, considerando o orçamento de R$ 3,1 bilhões previsto para os projetos e a necessidade de permanente interação com o Ministério da Educação e Ministério das Comunicações. Seu nome contou com apoio do conselheiro da Anatel Vicente Aquino, que preside o Gape, grupo responsável por estabelecer as diretrizes de aplicação dos recursos da EACE. Para tocar os aspectos operacionais da EACE, as teles também escolheram Luiz Carlos Gonçalves como COO. Ele é ex-diretor de gestão de redes da Oi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.