Telefónica produzirá conteúdo de ficção na América Latina

O Grupo Telefónica anuncia durante o MipTV, evento de conteúdo que acontece esta semana em Cannes, que começou a desenvolver conteúdo original de ficção na América Latina, ampliando o esforço de criação de conteúdo em espanhol iniciado há dois anos, através da Movistar+, na Espanha. A nova área de conteúdo na região fica sob a gestão da diretora e produtora Joanna Lombardi, nomeada diretora para a América Latina Telefónica Fiction.

O Brasil não está entre os países que terão conteúdos originais do grupo, uma vez que há uma limitação legal no país. Por conta da separação entre plataformas e produção de conteúdo imposta pela Lei 12.485/11, a Lei do SeAC, as operadoras de telecom não podem produzir conteúdo no Brasil e nem mesmo adquirir direitos esportivos.

Por aqui, a operadora chegou a contar com conteúdo exclusivo, inclusive desenvolvido localmente, através de um acordo com o serviço Studio+, da Vivendi. O conteúdo de ficção e de documentários do serviço foi criado especificamente para as telas móveis. No Brasil, o serviço foi lançado em 2017 com conteúdo original produzido pela Gullane Filmes. O Studio+, no entanto, foi descontinuado em todo o mundo.

Notícias relacionadas

Conteúdo

A pré-produção de três conteúdos originais já começou na Colômbia e no Peru, com previsão de lançamento para o segundo semestre deste ano. Desde que começou a criar conteúdos, em 2017, o grupo já lançou 19 séries originais, destinadas exclusivamente aos clientes da Telefónica, nos mercados onde opera, como em outros 50 países em todo o mundo, por meio de acordos de distribuição internacional.

De acordo com nota do grupo, o conteúdo – principalmente o conteúdo original da ficção – é parte fundamental da oferta de serviços de vídeo da Telefónica, sendo apontado como elemento de diferenciação. O conteúdo original é destinado tanto aos serviços móveis quando fixos. A empresa tem quase 9 milhões de clientes de TV paga em todo o mundo. 

As duas primeiras séries latino-americanas serão uma comédia peruana que combina ficção e realidade e uma série juvenil que se passa na Bogotá da década de 90. A distribuição na região será através do canal Movistar Série, disponível na América Latina desde fevereiro 2018, e do Movistar TV and Play, um aplicativo para os mais de 110 milhões de usuários móveis na região, com exceção do Brasil, pelos motivos expostos acima.

Deixe seu comentário