Consórcio da Qualcomm e Ericsson completa teste de comunicação entre carros e infraestrutura

Uma demonstração multilateral com a tecnologia de comunicação direta para carros usando radiofrequência, a C-V2X, foi realizada com sucesso na Europa na última sexta-feira, 5. O teste foi feito pelo consórcio ConVex (Connected Vehicle to Everything of Tomorrow), formado pelas empresas Qualcomm, Audi, Ericsson, Swarco e Universidade de Kaiserslautern, e aconteceu na cidade de Shengen, em Luxemburgo, fazendo fronteira com a França e a Alemanha. Com isso, a entidade buscou provar a resiliência, alcance e desempenho da comunicação entre veículos e com a infraestrutura pela região da tríplice fronteira.

A parceria foi formada em 2016, na época para executar o primeiro teste de C-V2X no Release 14 do 3GPP. O padrão tem como objetivo não apenas aumentar a segurança dos veículos atuais, mas também é primordial para permitir a comunicação de baixíssima latência necessária para carros autônomos em um futuro próximo.

Notícias relacionadas

No teste em Luxemburgo foi utilizado um carro da Audi, com equipamento de infraestrutura "inteligente" da Swarco, o que as empresas dizem ter sido a primeira comunicação bem sucedida entre componentes de infraestrutura real com veículos em rodovias públicas na Europa. Também foi usada a plataforma 9150 C-V2X da Qualcomm para casos de uso entre veículos (V2V) e infraestrutura (V2I), demonstrando potencial e habilidade para operar sem subscrição de SIMcard, permitindo lidar com "desafios com roaming e assinaturas de rede". Entre os casos de uso estão sinalizações de condições de estrada e posicionamento de outros carros na pista.

As empresas afirmam que a demonstração mostra a cooperação e integração bem sucedidas de tecnologias entre companhias participantes da Europa, China, Japão, Coreia do Sul, Austrália e Estados Unidos. A plataforma da Qualcomm já está disponível comercialmente, bem como a da infraestrutura de rodovias da Swarco. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.