Vivo realiza testes com HSPA+

A Vivo está realizando testes com HSPA+, tecnologia intermediária entre o 3G e 4G e que pode alcançar velocidades de até 21 Mbps usando apenas uma portadora. A operadora encomendou modems da Huawei e da ZTE para os testes. O presidente da Vivo, Roberto Lima, preferiu não prever uma data de lançamento. Segundo ele, o maior obstáculo para o HSPA+ é a falta de capacidade de backhaul e backbone no Brasil. "Esse é o grande problema", admitiu. A Vivo vem trabalhando na construção de um backbone nacional próprio e em parceria com outras operadoras. Seu principal projeto no momento é um trecho entre Belém e Brasília, que esbarra na dificuldade em se conseguir licenças junto a órgãos públicos para a passagem dos cabos.
A Vivo afirma ter atualmente a liderança no mercado de acessos de banda larga móvel através de modems 3G. Segundo o COO da companhia, Paulo Cesar Teixeira, 42% das linhas em serviço em modems 3G no Brasil são da Vivo. E nos últimos meses a operadora tem conseguido entre 70% e 80% de share das adições líquidas nesse segmento no País. Uma das explicações para o bom desempenho está na cobertura 3G da operadora, que hoje é de 1.353 cidades, mais que o dobro em relação às demais operadoras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.