Presidente da Telemar quer novos modelos de interconexão

O presidente da Telemar, José Fernandes Pauletti, está propondo às celulares um novo modelo de custos de interconexão, semelhante ao já fechado pela operadora fixa com sua coligada Oi. Pela proposta, as empresas de telefonia móvel ficariam com 2/3 das tarifas, enquanto a Telemar ficaria com 1/3. Hoje, quando o usuário faz uma chamada VC-1, de um telefone fixo para celular, a interconexão é de R$ 0,31, enquanto a TU-RL (taxa de uso da rede fixa) é de apenas R$ 0,05. Mesmo sabendo que as operadoras do serviço móvel não têm de negociar as tarifas agora, como garantem as regras do SMC às quais ainda estão atreladas, o executivo alega que se elas deixarem para fazer isso futuramente, quando forem obrigadas a migrar para o SMP, será muito mais complicado. Pauletti também propõe que os acordos entre operadoras móveis também sejam refeitos, para que a operadora que origina a chamada fique com algo como 55% a 60% da tarifa e a que recebe fique com os 40% a 45% restantes. Por enquanto, acordo nesta base foi fechado apenas entre a Oi e a TIM Brasil, diz ele.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.