BNDES libera R$ 5,4 bilhões para Oi, mas exige equipamentos nacionais

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 5,4 bilhões para o Grupo Oi, destinados ao plano de investimentos relativo ao triênio 2012-2014. A previsão de investimentos da operadora é de R$ 24 bilhões no período de 2012 a 2015, uma média de R$ 6 bilhões por ano.

Notícias relacionadas

De acordo com comunicado enviado pelo BNDES, as regras do financiamento acordado entre as partes preveem a aquisição de R$ 1,4 bilhão em equipamentos nacionais, dos quais 55% (R$ 675 milhões) de fornecedores que investem em inovação no País. "A iniciativa contribuirá para o fortalecimento de um setor intensivo em tecnologia, que exige investimentos constantes em pesquisa, desenvolvimento e inovação", diz o comunicado.

Na planta fixa, os investimentos serão voltados para a conclusão da migração para a tecnologia NGN (Next Generation Network), especialmente indicada para a transmissão de dados, voz e mídia. Também estão previstas melhorias na rede de acesso, com a implantação de tecnologias voltadas para o aumento da velocidade de conexão, baseadas em fibras óticas.

Na rede móvel, o objetivo é melhorar a qualidade em áreas já atendidas e aumentar a cobertura do serviço de Internet móvel 3G para novos municípios, além da implantação da tecnologia 4G nas principais cidades do País. O banco financiará 34% do investimento total do projeto, de R$ 15,9 bilhões, e contribuirá para a criação de 4,7 mil empregos até dezembro de 2014.

Social

Na área social, o BNDES financiará investimentos de R$ 27 milhões do grupo Oi em ações sociais, desenvolvidas pelo Instituto Oi Futuro em projetos ligados à educação e à cultura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.