Anatel analisa instrução ao ato de concentração WayTV/Oi

O conselho diretor da Anatel deve discutir nesta quarta, 9, a instrução da Anatel para o ato de concentração referente à compra da operadora de TV a cabo WayTV pela Oi. A decisão dos conselheiros tende a ser apertada, uma vez que dois dos cinco representantes do colegiado já votaram contra a fusão por duas ocasiões. Pedro Jaime Ziller e Plínio de Aguiar foram contrários à operação na primeira decisão do conselho sobre o tema (quando conseguiram ter suas posições em maioria) e foram derrotados quando a operação foi novamente julgada em recurso. Do ponto de vista das análises técnicas que embasarão a decisão, não existem grandes óbices concorrenciais à compra da WayTV pela Oi. No máximo, algumas recomendações para que o Cade, que é quem julgará o ato de concentração, imponha limites a eventuais práticas anticoncorrenciais na distribuição de programação. A concentração no mercado de banda larga em Belo Horizonte não tem impactos significativos, na visão dos técnicos da Anatel.
Já o ato de concentração referente à compra de parte da TVA pela Telefônica ainda está distante de ser submetido ao conselho, e ainda passa por análises técnicas na Anatel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.