Investidores apostam em manobra para mudar controle da Oi

Ao contrário da Telesp fixa, que ganha menos atenção nesta fase mais estável do mercado, a Telemar volta a ser a vedete da telefonia fixa na Bolsa de São Paulo. Com alto endividamento em moeda estrangeira, relativamente pouco protegida por hedge cambial, seu valor aumenta com a queda do dólar.
O mercado tem preferido a holding (TNLP) à operadora (TMAR). Uma das razões recentes para isso são os rumores de que a holding que controla a Telemar estaria planejando passar a Oi para a sua controlada, em movimento idêntico àquele realizado com a Pegasus. Não que a Oi não seja uma boa empresa. Ao contrário, chegou ao fim de 2002 com nada menos de 1,4 milhão de clientes contra uma previsão de 500 mil. Ocorre, porém, que a operadora de celulares está fazendo pesados investimentos, podendo influenciar o fluxo de caixa da TNLP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.