Operadoras pedem novos testes para mitigação na banda C

Foto: Pixabay

Representante das principais operadoras do País, a Conexis Brasil Digital solicitou à Anatel, no final de novembro, uma rodada de testes de campo complementares com filtros para mitigação da interferência de serviços 5G nas TVROs (parabólicas) em 3,5 GHz.

Remetida à Anatel em carta datada do dia 24 de novembro (mas disponível no portal da agência desde a última sexta-feira, 4), a solicitação da Conexis sugere uma nova testagem de duas amostras de filtros (oficialmente denominados LNBF) produzidos pela fabricante Visiontec.

Segundo a entidade, uma das amostras é um modelo monoponto que apresentou boa performance na avaliação da agência e que agora foi aprimorada pelo fabricante com "endereçamento de uma particularidade sobre intermodulação". Já a segunda amostra (neste caso multiponto) teria sido considerada com ressalvas pela Anatel em razão de indisponibilidade do modelo na época dos testes já realizados.

Notícias relacionadas

Dilema

"Estes testes [complementares] trazem maior amplitude a solução quanto à utilização de filtros de forma a garantir o funcionamento dos serviços impactados pela destinação da faixa de 3,5 GHz para o IMT-2020 e definindo, assim, os procedimentos de mitigação necessários no Edital de Licitação", afirmou a Conexis, na carta.

Nos últimos meses, contudo, a área técnica da Anatel tem mostrado que prefere a migração dos sistemas de TVRO para a banda Ku ao invés da manutenção destes na banda C com ajuda de uma mitigação. As operadoras defendem essa segunda opção, considerada pelo setor como mais barata.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.