Costa diz que reclamações contra teles são poucas em relação à base de usuários

O Ministro das Comunicações, Hélio Costa, em entrevista ao programa Roda Viva da TV Cultura, declarou que os problemas de qualidade enfrentados pelas operadoras de telecomunicações são pequenos comparados à quantidade de linhas fixas e móveis disponíveis no Brasil. Ele isentou de culpa as operadoras pela má qualidade dos serviços no país e afirmou que elas foram vítimas da alta demanda. "E, mesmo assim, se considerarmos os últimos doze meses, foram registradas no Procon pouco mais de 16 mil reclamações sobre esses serviços, o que não é muito se levarmos em conta que hoje no país temos 210 milhões de linhas celulares e fixas", diz. Ao comentar o decreto 6.523, que estabelece a Nova Lei dos Serviços de Atendimento ao Cliente (SAC), o ministro novamente saiu em defesa das operadoras, considerando algumas diretrizes muito rígidas, e adiantou que pretende propôr mudanças no texto. "Ter de atender o cliente em um minuto, sob pena de multas milionárias, é algo que não acontece em nenhum país", argumenta. "Já estamos conversando em Brasília para juntar os empresários do setor, os técnicos do Ministério das Comunicações, o Cade e todos os demais envolvidos para propor um entendimento entre as partes", acrescenta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.