O tamanho do mercado para o GSM

Os executivos da GSM Association acreditam que o padrão europeu de telefonia celular possa conseguir, no Brasil, entre 30% e 50% dos novos assinantes de telefonia móvel a partir do momento em que as novas operadoras entrarem em cena. Nos Estados Unidos, onde o cenário é parecido com o Brasil (com operadoras TDMA e CDMA chegando ao mercado com anos de antecedência), cerca de um terço dos novos assinantes escolhem operadoras GSM. Se os cálculos para o Brasil estiverem corretos, isto pode significar mais de 15 milhões de celulares em cinco anos (atualmente, o Brasil conta com cerca de 22 milhões de celulares e o Paste prevê que, em 2005, este número chegue a 58 milhões).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.