Teles brasileiras perderam US$ 20 bilhões em valor de mercado

O ano de 2008 não tem sido muito bom para as empresas do setor de telecomunicações brasileiras e mexicanas. Pelo menos é o que aponta o estudo da consultoria Economática, que avalia periodicamente as movimentações das empresas que negociam nas bolsas de valores. O levantamento aponta que, até o momento, as 11 teles brasileiras com capital aberto já perderam US$ 20,227 bilhões em valor de mercado. O valor representa uma queda de 36,3% no valor que essas companhias somadas possuíam em 2007, de US$ 55,782 bilhões.
No Brasil, as maiores perdas nominais foram registradas nos valores das ações da Vivo, seguida pela TIM e pela Oi (Telemar). A Vivo teve seu valor de mercado reduzido em US$ 5,072 bilhões (queda de 57,22%), enquanto a TIM registrou uma queda de US$ 4,999 bilhões no valor de seus papéis (queda de 55,22%). Já a Oi perdeu US$ 4,357 bilhões no mercado, sendo que a empresa valia em 2007 US$ 9,122 bilhões.
As maiores quedas em relação aos valores de 2007 foram registradas por empresas sem abrangência nacional. Entre as companhias comercialmente ativas, a maior perda foi da Inepar Telecomunicações, com redução de seu valor em 80,55% neste ano, valendo agora apenas US$ 7 milhões. A Telemig registrou perdas de 65,42% no mercado financeiro, valendo agora US$ 533 milhões segundo a Economática. No Brasil, a maior desvalorização foi observada nas ações da Telebrás, que teve o valor de seus papéis reduzido em 83,98% (valor atual de US$ 41 milhões). A estatal foi objeto de fortes especulações no ano passado.

Notícias relacionadas
As menores perdas foram nas ações da Brasil Telecom e da Embratel. A Brasil Telecom vale hoje US$ 6,884 bilhões, 7,58% menos do que em 31 de dezembro de 2007. Já a Embratel tem valor de mercado de US$ 3,433 bilhões em 06 de novembro de 2008, o que representa uma queda 10,11% frente ao valor de 2008. A Telefônica continua sendo a empresa mais valiosa entre as teles cotadas na bolsa apesar da queda de 18,17% de seu valor neste ano. A companhia fechou 2007 valendo US$ 12,913 bilhões e suas ações valem hoje US$ 10,567 bilhões.

México

Mas as maiores perdas na análise da Economática foram entre as empresas mexicanas. A America Movil – braço da Telmex na operação celular – desvalorizou-se em 48,08%, valendo em 6 de novembro de 2008 US$ 55,455 bilhões. Apesar das perdas, a companhia continua sendo a maior da América Latina, ultrapassando o valor de todas as teles brasileiras juntas em pelo menos US$ 20 bilhões. No Brasil, a America Movil controla a Claro, que não tem capital aberto. Já a Telmex apresentou queda em seu valor de mercado de 54,39%, valendo hoje 16,364 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.