Oi registra tráfego de 173,2 TB durante Rock in Rio

A infraestrutura de telecomunicações montada pela Oi para a edição de 2019 do Rock in Rio registrou tráfego de dados de 173,24 terabytes (TB) durante o festival de música encerrado no último domingo, 6, revelou a operadora. Já o Wi-Fi aberto ao público do evento (estimado em mais de 100 mil pessoas por dia) registrou cerca de 11,6 milhões de conexões.

Aproximadamente 19,5 mil conexões simultâneas no Wi-Fi foram realizadas apenas durante o show da banda norte-americana Nickelback, quando a rede atingiu seu pico de usuários. Já a apresentação da brasileira Anitta motivou o maior tráfego de dados por show, ou 1,8 TB, seguida pela banda britânica Muse (1,6 TB) e pela norte-americana Pink (1,34 TB).

No total, o tráfego durante todo o festival equivaleu a mais de 46,8 milhões de fotos em alta definição, estima a operadora. O volume também foi 2,34 vezes superior ao registrado pela Oi em toda a Copa do Mundo de futebol de 2014, realizada no País.

Ainda segundo a empresa, os serviços oferecidos durante o Rock in Rio operaram com 100% de disponibilidade. Para tal, a companhia instalou mais de 56 quilômetros de fibra ótica para uso exclusivo do festival, além de mais de 800 equipamentos dentro da Cidade do Rock, entre antenas e outros aparelhos.

Na ocasião, a Oi também implementou uma rede de testes em 5G para demonstração no local do evento, a partir da faixa de 3,5 GHz. A quinta geração de telefonia móvel foi disponibilizada também para a equipe de conteúdo, visando a cobertura em redes sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.