PGO e PGR serão votados em sessão pública

Depois de uma enxurrada de pedidos, a Anatel decidiu votar os pareceres finais sobre o novo Plano Geral de Outorgas (PGO) e o Plano Geral de Regulamentação (PGR) em uma sessão aberta. A questão foi acertada na reunião desta terça-feira, 7, e o aviso da sessão deve ser publicado amanhã no Diário Oficial da União (DOU), segundo informações oficiais da agência. O encontro ficou agendado para o dia 16 de outubro. É provável que dia 17 também seja dedicado ao tema. Na sessão aberta, as partes interessadas podem se manifestar.
A primeira sugestão para que o PGO e o PGR fossem deliberados em reunião pública partiu do presidente da Telefônica, Antonio Carlos Valente, que como ex-vice-presidente da Anatel, lembrou que em outras situações a agência já fez uso das sessões desse tipo. Após Valente, órgãos de defesa do consumidor e associações propuseram o mesmo dentro e fora das consultas públicas sobre o texto.
A última palavra sobre o assunto partiu da procuradoria especializada da agência que, em seus pareceres sobre o PGO e o PGR, sugeriu a realização de sessão pública para decidir sobre a reforma. No caso da procuradoria, este é apenas o primeiro passo em direção à abertura plena das reuniões deliberativas da autarquia. No parecer do PGR, a área jurídica sugere que a agência abra seus encontros ao público, não só em momentos de decisão de questões complexas como o PGO e o PGR. A idéia ainda sofre resistências por parte de alguns membros do Conselho Diretor da Anatel.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.