Banda larga fixa cresce e chega a 24,9 milhões de acessos em junho

Com 87 mil novas assinaturas, o Brasil fechou junho com 24,9 milhões de acessos de banda larga fixa e um índice de penetração do serviço nos domicílios de 37,68%. A alta se deu principalmente nas tecnologias cabo, fibra, LTE e WiMAX. Entre as operadoras, ganharam mais clientes o grupo América Móvil (Net Serviços/Claro/Embratel) e a GVT.

O grupo América Movil continua na liderança do mercado com participação de 31,57%. A Oi, apesar de ligeiro recuo no mês, manteve a segunda colocação com 25,84% de market share. A Telefônica, que recuou para uma participação de 16,43% do mercado, manteve a quarta posição e a GVT, que avançou para 12,67%, continua na quinta colocação. Juntas, Telefônica e GVT passam a Oi, mas ficariam abaixo de Net/Claro/Embratel, com 29,1% de market share.

Os pequenos provedores também avançaram em participação em junho, quando respondiam por 8,66% das conexões fixas, conforme informações divulgadas nesta sexta-feira, 7, pela Anatel.

Embora venham perdendo terreno, as conexões via par de cobre ainda predominam no País, com 53,29% de participação. As conexões via cabo, em alta, respondem por 32,19% dos acessos. E as ligações por fibras óticas passaram de 4,42% para 4,54% entre os meses de maio e junho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.