Cade aprova compra da empresa de software do McDonald's pela Capgemini

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a compra da empresa de software RDI Brasil, do grupo McDonald's, pela companhia de origem francesa Capgemini. A operação foi notificada em junho deste ano, mas o valor do negócio não foi divulgado.

Com a operação, a Capgemini passará a deter 100% da participação societária na RDI, atualmente detida por McDonald's Corporation. A RDI, por sua vez, detém, direta ou indiretamente, participação integral na RDI Brasil. Segundo o Cade, a operação não acarreta mudanças na estrutura de oferta do mercado, independentemente do cenário adotado e, por conseguinte, impactos concorrenciais negativos no Brasil.

Isto porque atualmente os serviços prestados pela RDI Brasil são exclusivamente destinados a restaurantes da marca McDonald's, fornecendo à rede de fast food serviços de desenvolvimento, teste e implantação e suporte de softwares para pontos de venda, bem como aplicações de software. Dessa forma, a operação se assemelha a de vendas cativas, uma vez que os serviços oferecidos pela RDI Brasil não são disponibilizados para o mercado.

O órgão antitruste ressalta que, por sua vez, as participações de mercado do grupo adquirente estão bem abaixo do limite legal de 20%, patamar acima do qual se considera a possibilidade de exercício unilateral de poder de mercado. No Brasil, o grupo Capgemini também oferta serviços de TI, os quais incluem serviços de consultoria, terceirização e implementação.

1 COMENTÁRIO

  1. Boa noite gostava de saber como é pocivel trabalhar convosco com o gelado soft obrigada pela atenção

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.