Europa quer desenvolver nova interface aérea para 5G

Foi anunciada nesta terça-feira, 7, uma iniciativa para desenvolver uma nova interface aérea abaixo da faixa de 6 GHz para as redes 5G. O projeto tem o acrônimo Fantastic-5G e é formado por 16 entidades da área de telecom, entre provedores de serviço (Orange, Telecom Italia), fornecedores (Alcatel-Lucent, Huawei, Intel, Nokia, Samsung, Sequans Communications e Wings ICT Solutions), universidades e institutos de pesquisa da Europa.

Notícias relacionadas
A iniciativa já começa com um financiamento de 8 milhões de euros da Comissão Europeia (como parte do programa da agenda digital Horizon 2020) e prevê duração de dois anos para o desenvolvimento da tecnologia. As diretrizes do Fantastic-5G exigem que a nova interface aérea seja altamente flexível para diferentes tipos de tráfegos de dados; escalável para grande quantidade de dispositivos; versátil para plataformas diversas; eficiente em energia e recursos, para melhor uso de espectro; e à prova de futuro, permitindo atualizações fáceis em versões posteriores de software.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.