Telefónica fecha acordo para demitir 6,5 mil funcionários na Espanha

A matriz do Grupo Telefónica confirmou que demitirá 6,5 mil trabalhadores nos próximos três anos, na Espanha. Nesta quinta-feira, 7, a empresa informou ter fechado acordo com os principais sindicatos daquele país para colocar em prática seu plano de enxugamento de custos.
Entre os pontos centrais do pacto entre a operadora e as centrais sindicais está a redução no tamanho do corte, que anteriormente previa extinguir 8,5 mil vagas, e a manutenção de parte dos benefícios aos colaboradores que se demitirem voluntariamente. Segundo a companhia, funcionários com 15 anos de serviço e idade entre 53 e 60 anos terão condições especiais no desligamento.
Para os colaboradores que se mantiverem no Grupo Telefónica, o acordo prevê ajustes salariais compatíveis com o aumento no lucro operacional da companhia. Em seu site, a empresa informou que arcará com os custos das demissões livrando o orçamento espanhol de impactos negativos com seguro-desemprego e benefícios.
Há também o compromisso de reabrir 680 postos de trabalho nos próximos anos, ou seja, 7% das demissões. "Além disso, a Telefónica se compromete a manter os níveis de emprego nas províncias, através de medidas para assegurar o serviço regional e a continuação dos processos de deslocalização", diz comunicado oficial no site da holding.
Parceria
Enquanto reduz sua força de trabalho na Espanha, o conglomerado de telecomunicações pretende investir em novos negócios, como uma joint venture com a britânica Vodafone, no Reino Unido.
De acordo com a Telefónica, a nova empresa atuará na área de desenvolvimento de serviços como mobile marketing e soluções para pagamentos em dispositivos móveis. A nova empresa deve operar a partir do final deste ano, mas sua criação depende da aprovação dos órgãos de fiscalização da concorrência do Reino Unido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.