Interop lançará plataforma de gerenciamento de terminais

A norte-americana Interop é conhecida nos EUA por ser a fornecedora de plataforma de SMS para 55 operadoras móveis de pequeno e médio porte. Agora, a companhia prepara-se para lançar entre junho e julho um novo produto: uma plataforma de gerenciamento de terminais (DM, na sigla em inglês). Trata-se de um sistema que torna a operadora celular capaz de gerenciar à distância os terminais dos seus assinantes, fazendo ajustes em suas configurações e seu firmware.
O sistema desenvolvido pela Interop tem como diferencial em relação aos seus concorrentes a simplicidade da interface, explica o vice-presidente de marketing e de desenvolvimento de produtos da companhia, Damian Sazama. "Desenhamos uma interface fácil de usar, de forma que boa parte dos problemas possam ser resolvidos pelo atendente do call center, sem a necessidade de transferir a ligação para um técnico", explica o executivo. Outra novidade contida na plataforma de DM da Interop é que ela mantém registrado os dados atualizados do firmware de cada aparelho ao qual se conecta. Assim, se um fabricante lança uma nova versão de um firmware para um determinado modelo de telefone, a plataforma pode checar exatamente quais terminais na sua base estão com a versão antiga. "A maioria das operadoras sabe os modelos usados pelos seus clientes, mas não guarda uma informação tão detalhada quanto o firmware de cada um", conta Sazama.
América Latina

Notícias relacionadas
Muitas operadoras não possuem ainda plataformas de gerenciamento de terminais. Por conta disso, Sazama acredita que esse produto pode servir como porta de entrada da empresa no mercado latino-americano. O executivo está no Brasil esta semana conversando com potenciais clientes. Sua meta para 2009 é conseguir pelo menos realizar alguns testes de suas plataformas em teles locais. A Interop pretende abrir um escritório em São Paulo para gerenciar os negócios na América Latina. A companhia investirá cerca de US$ 30 milhões na região nos próximos três anos. Aproximadamente metade desse valor será destinada ao Brasil.
SMS
No segmento de plataformas de SMS, a Interop tem consciência de que o mercado brasileiro é dominado pela Acision, um forte player global. Sazama reconhece que seria difícil convencer as operadoras a jogar fora a plataforma legada para comprar uma nova. Porém, aposta que as teles locais poderiam se interessar em usar a solução de SMS da Interop para ajudar quando o volume de mensagens exceder a capacidade dos sistemas atuais. A plataforma da Interop tem capacidade para 53 mil MDAs (message delivery attempt) e não precisa ser instalada dentro da operadora: pode ficar hospedada no data center do fornecedor. Outra vantagem é o fato de ela memorizar a localização dos usuários durante uma troca de mensagens, o que reduz o uso da rede de sinalização da operadora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.