Hughes lança infraestrutura de banda larga satelital e de voos para as Américas

A operadora de satélites Hughes demonstrou nova estratégia comercial com novos produtos nesta terça-feira, 7. A companhia anunciou uma rede de banda Ka e Ku para as Américas operando com o sistema Jupiter, utilizando os satélites EchoStar XIX (que entra em operação comercial ainda neste mês), EchoStar XVII e a carga contratada do Eutelsat 65W, que cobre a América do Sul e será complementado com o Telstar 19V, que por sua vez deverá ser lançado em 2018. A rede terá 400 Gbps e terá o apoio de 49 gateways, com "centenas" de spot beams (feixes). Essa infraestrutura também será utilizada para a oferta de varejo HughesNet no Brasil e nos Estados Unidos, em combinação com serviços de acesso de parceiros. O mercado norte-americano terá ainda a oferta Gen5 de 25 Mbps e 3 Mbps em todo o país, utilizando capacidade dos dois satélites da família EchoStar.

A ideia é oferecer a nova rede com a marca "Hughes HTS" para governos e clientes corporativos, além de expandir "significativamente" o escopo e desempenho dos serviços de comunicação de bordo em aeronaves. Neste último campo, a empresa anunciou também a solução Jupiter Aero System for Inflight Connectivity, com uma antena dual band com suporte às bandas Ka e Ku e compatibilidade com satélites de feixes pequenos e grandes. A solução incorpora sistema de gerenciamento de rede com correção Doppler, codificação adaptativa e modulação e troca de feixes transparente. A ferramenta será comercializada no segundo semestre.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.