Publicidade
Início Newsletter ANPD lança premiação para incentivar pesquisas em proteção de dados

ANPD lança premiação para incentivar pesquisas em proteção de dados

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Procurando fomentar o desenvolvimento científico em proteção de dados pessoais nos cursos de graduação de instituições de ensino brasileiras, a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANDP) lança o Prêmio de Monografias Danilo Doneda, destinado a alunos de cursos de graduação em ensino superior. 

O edital está previsto para ser publicado em meados do mês de março. A iniciativa pretende incentivar a discussão e a produção técnica e científica na área da privacidade e proteção de dados pessoais entre alunos, estudiosos e pesquisadores que atuam no Brasil.

A premiação leva o nome do Professor Danilo César Maganhoto Doneda, que morreu em dezembro de 2022, aos 52 anos de idade, e a quem a Autoridade presta homenagem por contribuições ao tema da proteção de dados pessoais no Brasil e no mundo. Doneda foi um dos pioneiros do assunto no País e sua trajetória, além de se entrelaçar com a própria história da ANPD, está diretamente relacionada com o percurso da proteção de dados no contexto brasileiro das últimas duas décadas.

Notícias relacionadas

O acadêmico exerceu influência acadêmica e política que contribuiu para o avanço e para a consolidação da proteção de dados pessoais como objeto de estudos, de políticas públicas, assim como de debates jurídicos, especialmente no Brasil. Além disso, Doneda participou ativamente, como membro indicado pela Câmara dos Deputados, do Conselho Nacional da Proteção de Dados e da Privacidade, órgão consultivo da ANPD.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile