Uso de mobilidade no mundo corporativo dobra em dois anos; segurança preocupa

A quantidade de dispositivos móveis conectados às redes corporativas dobrou entre 2009 e 2011, revela estudo divulgado pela Check Point, empresa de segurança na Internet. De acordo com o levantamento, aproximadamente a metade desses dispositivos armazena dados sigilosos das corporações e 71% das empresas acreditam que a adoção de dispositivos móveis impulsionou o número de incidentes de segurança.

Notícias relacionadas
A maior preocupação destas empresas é com relação à perda ou a quebra de sigilo de informações consideradas sensíveis, quando elas estão armazenadas em dispositivos de funcionários, inclusive e-mails corporativos. Esta foi a resposta de 79% dos entrevistados que veem a adoção da mobilidade como um impulsionador dos problemas com segurança. A perda de dados de clientes é citada por 47% dos respondentes, enquanto 38% se dizem preocupados também com a quebra do sigilo das informações de login de rede.

A pesquisa da Check Point concluiu que aproximadamente 94% das empresas entrevistadas registraram um aumento do número de dispositivos móveis pessoais conectados à rede corporativa, com 78% dos participantes observando 100% de crescimento nos últimos dois anos.

Os sistemas operacionais mais utilizados no mundo corporativo, segundo o estudo, são o iOS da Apple (30%) e o BlackBerry da RIM (29%), seguidos pelo Android (21%). Para 43% das empresas entrevistadas, os dispositivos Android representam o maior risco à segurança móvel.

Outra conclusão é com relação ao comportamento do funcionário ao usar os equipamentos de mobilidade: “a maioria das empresas acredita que o maior impacto sobre a segurança de dados móveis é a falta de consciência em relação à segurança entre os funcionários”.

O estudo "O Impacto dos Dispositivos Móveis para a Segurança da Informação", entrevistou mais de 750 profissionais de TI e segurança nos EUA, Canadá, Reino Unido, Alemanha e Japão. A amostra representa empresas de todos os tamanhos e de várias indústrias, incluindo os setores financeiro, industrial, de defesa, varejo, saúde e educação. O relatório completo está disponível no site da Check Point.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.