Publicidade
Início Newsletter Brasil volta a ter 250 milhões de acessos de celular em outubro

Brasil volta a ter 250 milhões de acessos de celular em outubro

Foto: Pixabay

Ainda em ritmo de crescimento, o Brasil superou a marca de 250 milhões de acessos móveis em outubro, algo que não acontecia desde setembro de 2016, quando o mercado somava 251 milhões de linhas. Segundo dados da Anatel, a base total aumentou 0,23% no mês, ou 572,2 mil adições líquidas.

Provavelmente por impacto da crise econômica no País, desta vez o crescimento do pós-pago foi superado pela base pré-paga – a última vez em que isso aconteceu foi em maio de 2020. 

No primeiro caso, com 131,345 milhões de acessos, é a modalidade ainda de maior presença no mercado brasileiro, levando-se em consideração que a Anatel inclui nessa categoria também os planos controle. O avanço em outubro foi de 0,17%, ou 226,9 mil adições líquidas. A base pré-paga, por outro lado, aumentou 0,29%, ou 345,2 mil adições líquidas, totalizando 118,784 milhões de acessos.

Notícias relacionadas

No 5G DSS, a Claro passou a reportar os acessos, inclusive retroativamente – o que também aconteceu com a base 4G, dando a entender que se tratou de uma reclassificação das linhas para a nova tecnologia. Desta forma, a empresa encerrou outubro com 715,1 mil acessos 5G DSS, contra 119,5 mil chips da TIM. No total, o mercado somou 834,7 mil conexões, um aumento de 14,30% referente à base de setembro corrigida. 

LTE

Ainda a tecnologia dominante, o 4G cresceu significativamente menos no mês. Foram 934,3 mil adições líquidas, ou 0,48% de avanço, totalizando 194,738 milhões de linhas. 

Fonte: Anatel/TELETIME

Como houve uma migração dos acessos para o 5G-DSS, a Claro acabou reduzindo a base em setembro retroativamente (0,24% de recuo), mas em outubro mostrou crescimento de 0,98%, total de 51,921 milhões de conexões. No acumulado de um ano, o avanço foi de 17,22%, o maior dentre todos os grupos. Outro que teve leve correção da base de setembro foram os provedores regionais. Mesmo assim, em outubro apresentaram avanço de 4,20%, totalizando 4,267 milhões de linhas.

Ainda liderando com folga, a Vivo cresceu proporcionalmente quase a mesma coisa que a TIM (0,68% e 0,69%), totalizando, respectivamente, 61,160 milhões e 46,128 milhões de acessos. A Oi reduziu a aceleração que vinha apresentando nos últimos meses, aumentando a base em 0,42% e totalizando 31,260 milhões de conexões.

Demais tecnologias

Por sua vez, o 3G voltou a ter crescimento no mês. Foram pouco mais de 170 mil adições líquidas (0,59% de aumento), total de 28,898 milhões de acessos. O 2G, por outro lado, caiu mais do que nos meses anteriores: 1,061 milhão de desconexões (recuo de 3,97%), encerrando outubro com 25,658 milhões de linhas. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile