Joint-venture da Hughes e Yahsat começa a operar no Brasil

Agora com todas as aprovações necessárias, a partir desta sexta-feira, 6, começa a funcionar a joint-venture formada pela combinação das operadoras satelitais Hughes e Yahsat no Brasil. Agora sob o nome de Hughes do Brasil, a operação utilizará a capacidade em banda Ka dos satélites Hughes 65 West e Hughes 63 West com o Al Yah 3 para serviços de banda larga.

A composição da joint-venture é de 80% da Hughes e 20% da Yahsat. O acordo foi anunciado em maio deste ano e havia sido submetido às aprovações regulatórias. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) já tinha aprovado a operação em setembro, mas somente na semana passada que a Anatel concedeu anuência prévia.

Notícias relacionadas

Além da combinação dos satélites, a estratégia das companhias é também implantar o sistema Jupiter de tecnologia de rede terrestre da Hughes para entregar os serviços da Yahsat pelo país, otimizando o desempenho e o throughput. Entre os serviços oferecidos pela Hughes do Brasil está a conectividade de banda larga para terminais VSAT por meio de banda Ka, serviço chamado HughesNet, com foco em residências e pequenas e médias empresas. Além disso, a companhia tem serviços de rede gerenciadas, incluindo "todos os tipos de tecnologia de transporte"; Wi-Fi comunitário com acesso pré-pago; e soluções de backhaul satelital para operadoras móveis.

Em comunicado, o presidente da Hughes, Pradman Kaul, afirmou que a operadora dos Emirados Árabes Unidos é parceira de longa data, e que o Brasil é um mercado importante para a empresa. "Essa parceria aumenta nosso comprometimento em levar as várias vantagens essenciais da conectividade a comunidades e negócios que não têm acesso a esse serviço", declarou.

O CEO da Yahsat, Masood M. Sharif Mahmood, destacou os benefícios sociais e econômicos trazidos pelo alcance da conectividade satelital no território brasileiro. "Queremos trabalhar com a Hughes para fornecer soluções de conectividade de alta qualidade para todos os segmentos de consumo ao unir a força de nossas missões combinadas. Queremos fazer esse negócio crescer juntos no futuro", disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.