Joint-venture da Hughes e Yahsat começa a operar no Brasil

Agora com todas as aprovações necessárias, a partir desta sexta-feira, 6, começa a funcionar a joint-venture formada pela combinação das operadoras satelitais Hughes e Yahsat no Brasil. Agora sob o nome de Hughes do Brasil, a operação utilizará a capacidade em banda Ka dos satélites Hughes 65 West e Hughes 63 West com o Al Yah 3 para serviços de banda larga.

A composição da joint-venture é de 80% da Hughes e 20% da Yahsat. O acordo foi anunciado em maio deste ano e havia sido submetido às aprovações regulatórias. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) já tinha aprovado a operação em setembro, mas somente na semana passada que a Anatel concedeu anuência prévia.

Além da combinação dos satélites, a estratégia das companhias é também implantar o sistema Jupiter de tecnologia de rede terrestre da Hughes para entregar os serviços da Yahsat pelo país, otimizando o desempenho e o throughput. Entre os serviços oferecidos pela Hughes do Brasil está a conectividade de banda larga para terminais VSAT por meio de banda Ka, serviço chamado HughesNet, com foco em residências e pequenas e médias empresas. Além disso, a companhia tem serviços de rede gerenciadas, incluindo "todos os tipos de tecnologia de transporte"; Wi-Fi comunitário com acesso pré-pago; e soluções de backhaul satelital para operadoras móveis.

Em comunicado, o presidente da Hughes, Pradman Kaul, afirmou que a operadora dos Emirados Árabes Unidos é parceira de longa data, e que o Brasil é um mercado importante para a empresa. "Essa parceria aumenta nosso comprometimento em levar as várias vantagens essenciais da conectividade a comunidades e negócios que não têm acesso a esse serviço", declarou.

O CEO da Yahsat, Masood M. Sharif Mahmood, destacou os benefícios sociais e econômicos trazidos pelo alcance da conectividade satelital no território brasileiro. "Queremos trabalhar com a Hughes para fornecer soluções de conectividade de alta qualidade para todos os segmentos de consumo ao unir a força de nossas missões combinadas. Queremos fazer esse negócio crescer juntos no futuro", disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.