Oi e TIM firmam acordo de interoperabilidade para mensagens de texto a cobrar

A partir desta semana os assinantes da Oi e da TIM podem trocar entre si mensagens de texto a cobrar. O mesmo vale para usuários da Oi e da Algar Telecom. Esses são os primeiros acordos de interoperabilidade desse serviço firmados no Brasil. As operadoras concordaram que nos primeiros seis meses a receita obtida ficará com as companhias de destino das mensagens, que, neste caso, são as que realizam a cobrança. Depois desse período passará a haver uma taxa de interconexão, tal como acontece hoje entre mensagens de texto comuns trocadas entre as teles.

Notícias relacionadas
O serviço de SMS a cobrar funciona acrescentando "9090" à frente do número de destino. O destinatário recebe antes uma mensagem perguntando se aceita pagar por um SMS a cobrar daquele remetente. O preço costuma ser um pouco mais alto que o cobrado por uma mensagem normal. Na Oi custa R$ 0,45; na TIM, R$ 0,39; e na Algar, R$ 0,35. Até a semana passada, o serviço, que funciona sobre uma plataforma desenvolvida pela Takenet, estava disponível apenas para troca de mensagens on-net, ou seja, entre usuários de uma mesma operadora. A Claro também oferece SMS a cobrar com a plataforma da Takenet, mas no seu caso o número do destinatário é escrito no corpo da mensagem, o que impede por enquanto a interoperabilidade.

Análise

Para quem não lembra, o SMS comum também não era interoperável no começo de sua vida. Ao longo da década passada foram fechados acordos de interconexão, um a um, entre as operadoras brasileiras. Na época, ainda não havia sido a concluída a consolidação do mercado em quatro grandes grupos (Vivo, Claro, Oi e TIM), havendo várias operadoras de pequeno porte, o que atrasou o processo. Os bons resultados obtidos pelos primeiros acordos de interoperabilidade ajudaram a motivar as teles a acelerar os acordos: a possibilidade de troca de mensagens entre usuários de operadoras distintas aumentava em mais de 30% o volume de SMS enviados. É esperado que o mesmo aconteça com o SMS a cobrar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.