Publicidade
Início Newsletter Eutelsat investe US$ 165 milhões e aumenta participação na OneWeb

Eutelsat investe US$ 165 milhões e aumenta participação na OneWeb

A Eutelsat anunciou nesta quarta-feira, 6, um investimento de US$ 165 milhões que aumentou de 17,6% para 22,9% a participação da empresa na constelação de satélites de baixa órbita (LEO) OneWeb.

O movimento foi o exercício de uma opção de compra acordada em abril, quando a Eutelsat indicou aporte inicial de US$ 550 milhões na nova constelação. Essa transação foi concluída em setembro, ao passo que o novo investimento tem conclusão prevista para o final do ano.

“Desde o investimento inicial da Eutelsat, a OneWeb ganhou tração significativa tanto operacionalmente, com uma taxa de sucesso de lançamento de 100% e quase metade da constelação em órbita, quanto comercialmente, com inúmeras parcerias de distribuição garantidas antes de sua entrada parcial em serviço, que permanece no caminho certo para ocorrer no final de 2021”, afirmou a Eutelsat, em comunicado.

Notícias relacionadas

Neste meio tempo, a constelação LEO também recebeu um compromisso adicional de US$ 500 milhões do acionista Bharti e uma injeção de capital de US$ 300 milhões do grupo sul-coreano Hanwha, completando o financiamento da primeira geração de satélites de baixa órbita.

Segundo a Eutelsat, tais desdobramentos devem torná-la a segunda maior acionista da OneWeb, com 22,9%. Já o grupo indiano Bharti deve ficar com 30% do capital após a conclusão e o exercício da opção de compra por parte do Hanwha.

Liquidez

Um forte desempenho no ano fiscal de 2021 em termos de geração de fluxo de caixa e redução de alavancagem teria permitido o aumento na participação na OneWeb, de acordo com a Eutelsat. Ao fim de junho, a empresa registrava liquidez de 1,9 bilhão de euros em dinheiro e linhas de crédito não utilizadas.

Recentemente, a operadora satelital francesa também revelou a recusa de uma proposta de aquisição liderada pelo bilionário fundador da Altice Europe, Patrick Drahi. Segundo comunicado emitido em 30 de setembro, os termos propostos foram rejeitados de forma unânime pelo corpo de governança da Eutelsat.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile