Deutsche Telekom perde dados de 17 milhões de clientes

Deutsche Telekom no último domingo, 5, foi acometida por um escândalo envolvendo a maneira como ela armazena os dados confidenciais de seus clientes, depois de ter admitido a perda dos dados pessoais de 17 milhões de assinantes. O roubo na operação móvel da companhia, a T Mobile, incluiu nomes, endereço e o número do telefone de políticos, celebridades e líderes empresariais. Entretanto, nenhum detalhe bancário ou número de cartão de crédito foi descoberto, segundo reportagem do Financial Times.
A notícia desencadeou uma série de esforços para tentar recuperar a reputação da Deutsche Telekom, principalmente com o argumento de que a administração anterior contratou detetives para espionar diretores e jornalistas. O fato também municiou um número crescente de políticos de Berlin que pedem por uma lei de proteção de dados mais rigorosa.
O vazamento foi descoberto depois que Der Spiegel noticiou que era possível ter acesso aos dados dos clientes. A Deutsche Telekom reportou o incidente à promotoria pública em 2006 e garante que não houve disseminação das informações. A companhia informa que conduziu uma extensa investigação depois da perda, mas não encontrou nenhuma indicação de que os dados estariam sendo vendidos no mercado negro.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.