Gemalto pretende dobrar lucro operacional para 600 milhões de euros até 2017

A Gemalto, fornecedora europeia de soluções de segurança digital e SIMCards, anunciou na última quinta-feira, 5, um plano de crescimento para os próximos quatro anos. A companhia informou em comunicado que pretende dobrar seu lucro operacional para 600 milhões de euros até 2017, depois de atingir a meta estabelecida para 2012, de 300 milhões de euros.

A companhia estima que metade do crescimento no período estipulado virá de um salto de 1 bilhão de euros por ano nas receitas de suas plataformas e atividades de serviços – no ano passado os segmentos somaram receita de 390 milhões de euros nas vendas totais do grupo, que foram de 2,2 bilhões de euros. Também são considerados potenciais aceleradores de seu crescimento o "aumento drástico no uso de autenticação para nuvem e segurança de acesso à Internet".

"Estamos particularmente entusiasmados com essa próxima fase de expansão e confiantes de que a sua realização beneficiará mais uma vez todos os nossos investidores", declarou o CEO da Gemalto, Olivier Piou, em comunicado. Porém, apesar do entusiasmo do executivo, alguns analistas continuam céticos da capacidade da companhia em sustentar o ritmo de crescimento prometido. As ações da Gemalto encerraram a sexta-feira, 6, em queda na bolsa NYSE Euronext. Os papéis da empresa fecharam o dia negociados a 83,92 euros, declínio de 2,71% em relação ao fechamento do dia anterior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.