Cresce a popularidade das plataformas OTT das operadoras

Principal aposta de programadores e operadores para enfrentar a concorrência de serviços como Netflix, as plataformas OTT próprias de VOD e TV everywhere estão se tornando cada vez mais relevantes para o público. Em painel promovido na ABTA 2015 nesta quinta, 6, representantes de algumas das principais empresas do mercado de TV paga brasileiro apresentaram os resultados do investimento nas plataformas. Os números indicam rápido crescimento na adesão aos serviços.

De acordo com Flávia Heshcker, gerente geral da Rede Telecine, a quantidade de transações de conteúdo premium em 2015 foi três vezes maior que as apresentadas nos quatro anos anteriores juntas. "Acho que esse é o ano em que o consumidor está começando a entender a quantidade de opções que ele tem disponível. Dentro do conteúdo que acabou de sair do cinema, levamos quatro anos para chegar a 3 milhões de transações, e nesse ano de 2015 deveremos ter 9 milhões", disse.

Segundo Heshcker, ao unificar as métricas de audiência, a Rede Telecine concluiu que 20% da audiência de seus filmes vêm de plataformas sob demanda. "A gente percebe que mesmo em um ano de crise, em que percebemos efeitos no linear, o transacional continua crescendo". O set-top box, disse, é "disparado" a plataforma preferida do assinante para o consumo do conteúdo sob demanda.

Entre as plataformas de TV everywhere, 53% do consumo estão nos dispositivos móveis. "Quando ele pode escolher, ele vai usar o set-top box que está conectado na TV, na melhor tela possível. Quando ele não tem essa opção, ele opta pelas plataformas móveis". Ainda de acordo com Heshcker, usuários de Android respondem pela maioria (57%) dos downloads de aplicativos de TV everywhere. No entanto, o usuário de iOS consome muito mais conteúdo.

Segundo Márcio Carvalho, gerente de marketing e produtos da Net, o Now, plataforma VOD da operadora, já corresponde a 20% do tempo total que o assinante passa assistindo TV. "O grau de conhecimento da experiência e de uso dessas plataformas acelerou radicalmente nesses quatro anos de Now. E é importante dizer que esse crescimento não segue constante, estagnado – ele está acelerando". Como exemplo, ele cita o filme "50 Tons de Cinza", lançado na plataforma há cerca de duas semanas. O título se tornou o mais assistido na história do Now, com 1,2 milhão de acessos.

De acordo com Carvalho, a plataforma tem hoje audiência de 40 milhões de visualizações mensais. "É uma transformação muito positiva pois segue sendo TV no sentido que a maioria absoluta do consumo está dentro da TV, dentro da sala na tela principal da casa, mas também tem a flexibilidade de estar disponível para o consumidor onde e quando ele quiser. É uma transformação sem volta e veio para ficar", diz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.