"Lei acelerou investimentos", diz Net

A Lei do Serviço de Acesso Condicionado (SeAC) acelerou os investimentos da Net Serviços, ao permitir a expansão da operadora para novas cidades. "Finalmente tivemos autorização para expandir", comemorou o presidente da Net, José Felix. "Antes só nos defendíamos nos mercados em que estávamos, agora também podemos atacar, é muito bom", disse o executivo em apresentação à imprensa nesta terça, 6, na ABTA 2013.

Segundo ele, o investimento em 2013 será 30% maior que o do ano anterior, totalizando R$ 3,5 bilhões. Ele não detalhou como o dinheiro será gasto, mas boa parte vai para a expansão da rede e instalação de assinantes nas novas cidades nas quais a operadora está entrando este ano.

A Net espera fechar 2013 com o dobro de cidades atendidas em 2012. Até ano passado, a operadora estava em 93 localidades. Após as novas licenças, iniciou operações em 44 cidades, e deve estrear em outras 11 até agosto: Natal, Parnamirim (RN), Teresina, Rio Branco, Almirante Tamandaré (PR), Colombo (PR), Nova Lima (MG), Sabará (MG) Canoas (RS), Cariacica (ES) e Serra (ES).

Segundo apurou este noticiário, as cidades onde a Net vem observando maior crescimento são as capitais do Nordeste. Curiosamente, ao contrário do que se esperava, a maior parte, perto de 70%, dos novos assinantes não migrou de outro serviço de TV paga, como o DTH, mas, sim, entraram pela primeira vez no serviço.

A expansão resultará em um aumento de 40% nos home passed (domicílios cobertos) da operadora, conta Márcio Carvalho, diretor de marketing e serviços. Também criará cerca de três mil empregos e gerará R$ 820 milhões em impostos pagos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.