Publicidade
Início Newsletter TIM começa a implantar antenas camufladas em Belo Horizonte

TIM começa a implantar antenas camufladas em Belo Horizonte

Provavelmente a próxima capital na rota de liberação do 3,5 GHz para serviços 5G, Belo Horizonte já está recebendo antenas de telefonia “camufladas” da TIM para reforço da cobertura em locais de grande concentração.

Na capital mineira, a tecnologia (conhecida como Street Level Solution, ou SLS) foi adotada no 4G da operadora na região da Área Hospitalar e no hipercentro da capital mineira, incluindo pontos como o Mercado Central, a rodoviária da cidade e as proximidades do Palácio das Artes.

Ainda neste ano, a solução SLS da TIM deve chegar a outros locais de Belo Horizonte, como na Savassi (bairro conhecido por atrair multidões para bares e restaurantes) e no entorno do estádio Mineirão. As antenas podem ser acopladas a bancas de jornais, pontos de ônibus, postes e sinais de trânsito.

Notícias relacionadas

“A solução street level além de incrementar a qualidade do serviço prestado pela TIM aos seus clientes, é uma das várias ações em andamento como parte do nosso percurso para o 5G, que vai entregar muito mais velocidade de internet móvel”, afirmou o diretor de acesso móvel e engenharia de backhaul da TIM, Homero Salum.

Além de ter sido apontada pelo conselheiro da Anatel e presidente do grupo de acompanhamento da faixa de 3,5 GHz (GAISPI), Moisés Moreira, Belo Horizonte tem outra forte indicação de que está próxima da liberação do espectro: a distribuição feita pela Entidade Administradora da Faixa (EAF) de kits para a migração das antenas parabólicas (TVRO) na banda C para a banda Ku.

Qualidade

Segundo a TIM, as medições após a implantação do projeto SLS indicaram melhorias na qualidade de rede, com incremento de mais de 50% na quantidade de conexões de dados com alta velocidade no download e upload nas regiões. Também foi apontado benefício de cobertura, inclusive melhorando o sinal da TIM em ambientes indoor.

“Com antenas mais próximas dos smartphones de seus clientes na própria rua, o projeto permite contornar as barreiras físicas que impedem a propagação do sinal de celular, oferecendo uma cobertura no nível do solo mais uniforme, com mais capacidade de rede, com uma estrutura simples, flexível e que não polui visualmente o ambiente urbano”.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário Cancelar resposta

Sair da versão mobile