Ibope mostra que apenas 10% mudariam de operadora imediatamente

Cerca de 25% dos usurários de telefone celular trocam de aparelho no mínimo uma vez ao ano e 10% gostariam de mudar de operadora imediatamente. Essa foi a conclusão encontrada pela pesquisa do Ibope Mídia que ouviu 8 mil pessoas acima de 16 anos. O baixo percentual de entrevistados que trocaria de operadora imediatamente chamou a atenção dos pesquisadores, uma vez que as operadoras de telecomunicações figuram no topo do ranking de reclamações dos órgãos de defesa do consumidor.
O estudo mostra ainda que independentemente de classe social, um quarto dos domicílios brasileiros têm pelo menos duas linhas de telefone móvel, sendo que o sistema pré-pago é o mais comum entre os jovens. Dentre os recursos disponíveis no aparelho celular, o mais utilizado é o de envio e recebimento de mensagens de texto (SMS). Com relação à telefonia fixa, a única informação divulgada é que mais de 80% dos proprietários de telefones fixos realizam ligações interurbanas e um quarto dos domicílios da classe A têm ao menos duas linhas desse tipo de telefone.

Internet

O estudo confirma a tendência de evolução da banda larga. Dentre os internautas que afirmaram não ter acesso à internet rápida, 42% pretendem adquirir o serviço nos próximos seis meses. Mais de 70% das pessoas da classe A acessam internet em seus domicílios. Independente da classe sócio-econômica, mais de um terço das pessoas que acessam a internet de seus domicílios não o fazem de nenhum outro lugar. Sobre o serviço de TV por assinatura, a pesquisa mostra que ele está em dois terços das residências da classe A, principalmente na região Sudeste e nas capitais do Brasil. 71% de quem utiliza este tipo de serviço pretende permanecer com a mesma operadora e o mesmo pacote.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.