Vésper confirma interesse por licença de SMP

O presidente da Vésper, Luiz Kaufmann, disse que os investidores da operadora terão interesse em comprar licença de Serviço Móvel Pessoal (SMP) para a faixa de 1,9 GHz, se for possível usar a alocação secundária. O executivo explica que a freqüência da Vésper está alocada primariamente para a telefonia fixa comutada (STFC). Se a operadora tiver a possibilidade de comprar licença de SMP com alocação secundária, ou seja, usar a mesma infra-estrutura para prestar serviço de SMP, sem precisar investir em nova rede, aí sim haverá interesse. Vale lembrar que o sistema Vésper Portátil funciona na prática como um telefone móvel, o que já provocou denúncias de operadoras celulares à Anatel. A questão da realocação das faixas de freqüência, que pode permitir o uso de parte da faixa de 1,9 GHz para o SMP, ainda está na fase de consulta pública, e dependerá agora de como será regulamentada. Como já admitiu o conselheiro da Anatel, Antônio Carlos Valente, a Vésper poderia utilizar suas freqüências de WLL para prestar o SMP (Serviço Móvel Pessoal). Para isso, a espelho precisaria comprar uma licença. A previsão de venda destas licenças, por enquanto, está limitada à faixa de 1,8 GHz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.