Projeto cobra transparência da Anatel na execução de Fust e Fistel

Um projeto de lei quer que a Anatel tenha mais transparência na execução orçamentária dos fundos de fiscalização (Fistel) e de universalização (Fust). O PL 8943/17, de autoria do deputado Aureo (SD-RJ), altera a LGT ao exigir que a agência divulgue, em tempo real, dados de receita e despesa dos fundos. Em relação aos gastos, terá que identificar as destinações dadas aos recursos, mencionando a fundamentação legal.

A proposta diz que o objetivo é dar mais transparência à arrecadação e ao uso dos recursos dos dois fundos, citando auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), realizada em 2016, que apontou problemas na gestão dos recursos, como falta de monitoramento na aplicação dos valores e uso diverso do exigido pela legislação.

O PL 8943/17 tramita de forma conclusiva e será analisado pelas comissões de Defesa do Consumidor; Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; e Constituição e Justiça e de Cidadania. Confira a íntegra da proposta clicando aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.