Nokia anuncia demissões em busca de corte de custos

A Nokia anunciou na manhã desta quarta-feira, 6, estar "começando a tomar ações" de demissões e de corte de custos como parte de seu programa de sinergia e de transformação. A companhia espera alcançar 900 milhões de euros em custos operacionais de sinergia no ano de 2018 e relacionado à aquisição da Alcatel-Lucent, mas não divulgou exatamente quantos funcionários pretende desligar. Em comunicado, a empresa diz estar dando os passos para "se adaptar às condições desafiadoras do mercado e para direcionar os recursos para tecnologias orientadas ao futuro como a 5G, o Cloud e a Internet das Coisas".

As demissões deverão começar a partir de agora, estendendo-se até o final de 2018. A ideia é reduzir onde as áreas são redundantes com a ALU, como pesquisa e desenvolvimento, organizações regionais e de vendas, além de funções corporativas. Ainda nesta quarta, representantes da Nokia deverão se encontrar com dois dos conselhos de trabalho europeus, com reuniões similares e consultas semelhantes nos quase 30 países onde a empresa atua "nas próximas semanas". Procurada por este noticiário, a Nokia Brasil afirmou que não comentaria o anúncio no momento.

Além da redução de funcionários, a companhia espera economizar com ativos como prédios, além de serviços, cadeia de fornecimento e manufatura. No comunicado, o CEO da Nokia, Rajeev Suri, afirma que o acordo para a incorporação da Alcatel-Lucent já previa o compromisso de entregar 900 milhões de euros em sinergias, e que essa meta continua intacta. "Também sabemos que nossas ações terão consequências em humanos reais e, devido a isso, vamos proceder de forma que seja consistente com nossos valores de companhia e promovendo transição e outros suportes para os funcionários impactados", afirma Suri.

1 COMENTÁRIO

  1. Já era de se esperar, consequências inevitáveis em uma fusão de porte.
    É de se lamentar o momento que ocorre, estando o Brasil passando por uma crise sem precedentes (investimentos, fechamento de postos de trabalho, política, etc).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.