Prioridade é a instalação da rede em 2,5 GHz, diz Valente, sobre leilão de 700 MHz

Sintonizado com as recentes declarações de executivos da Telefónica da Espanha de que esse não seria o momento ideal para lançar o edital de venda das faixas de 700 MHz, o presidente da Vivo/Telefônica, Antonio Carlos Valente, diz que o foco da companhia é o LTE na faixa de 2,5 GHz.

"Mais do que dizer que é um problema (a licitação em 2013 ou 2014), o ponto principal é o fechamento da rede de 2,5 GHz. Há aspectos complexos a serem vencidos e nosso foco é fechar o projeto de 2,5 GHz. Essa é a nossa prioridade", afirma Valente.

Na última sexta-feira, o diretor e CEO da Telefónica Latinoamérica, Santiago Fernández Valbuena, declarou que um eventual leilão neste ano não seria bem recebido pela companhia justamente por causa da implantação da rede LTE em 2,5 GHz para o atendimento da Copa do Mundo e da Copa das Confederações.

As metas estabelecidas pela Anatel, contudo, vão além do atendimento das cidades-sede dos eventos esportivos. De forma escalonada as teles deverão aumentar a cobertura do serviço para todas as cidades com mais de 30 mil habitantes até 2017.

Compartilhamento

Valente comentou o memorando de entendimento assinado com a Claro para o compartilhamento de infraestrutura. Segundo ele, o acordo com a Claro, por enquanto, não envolve o compartilhamento de frequência, embora a Anatel tenha dado resposta positiva ao questionamento genérico que a companhia fez. Os casos concretos, ressalta Valente, deverão ser analisados pelo Conselho Diretor da Anatel.

Segundo ele, o compartilhamento das torres, backbone e backhaul, conforme consta do memorando de entendimento, não fará com que as empresas revejam seus contratos com fornecedores. Isso porque no caso do backbone e do backhaul, tratam-se de redes já existentes, tanto da Claro quanto da Vivo, que seriam usadas pelas duas empresas. As duas companhias, portanto, precisariam contratar a infraestrutura de acesso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.