Eutelsat leva posição orbital brasileira

A Eutelsat foi a operadora de satélites que levou a quarta posição orbital brasileira em leilão realizado pela Anatel nesta terça, dia 6. O leilão, na verdade, leiloou a quarta posição que no ano passado havia sido vencida pela Hughes em 68,5 graus Oeste. A Hughes teve sua vitória contestada por conta da proximidade com uma outra posição, da StarOne, em 70 graus Oeste, e acabou desistindo. Agora, a Eutelsat optou pela posição 65 graus Oeste, e ofereceu por esta faixa R$ 14 milhões, contra um preço mínimo de R$ 3,95 milhões. O ágio foi de 254,85%. A posição foi disputada, com a Intelsat subindo seu lance até R$ 13,3 milhões, mas desistindo no final.

Notícias relacionadas
A faixa de subida escolhida pela Eutelsat para a posição foi de 27 GHz a 30 GHz, com respectiva descida em 17,7 GHz a 20,2 GHz. A Eutelsat também pediu a faixa de 12,75 GHz a 13,25 GHz para subida, com descida dividida nas faixas, de 10,70 GHz a 10,95 GHz e 11,20 GHz a 11,45 GHz.

Estratégia

Vale lembrar que a faixa da qual a Hughes abriu mão não é aquela considerada mais adequada para o serviço de DTH e banda larga via satélite, em banda Ka, pela qual pagou R$ 145 milhões, e pela qual pretende trazer o serviço de DTH da Dish para o Brasil ainda este ano, sozinha ou em parceria com alguma operadora brasileira. Esta posição é a de 45 graus Oeste.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.