Países emergentes consumirão mais publicidade no celular, diz estudo

Um estudo recente divulgado pela Pyramid Research aponta que à medida que os índices de penetração dos serviços móveis continuam aumentando nos mercados emergentes, as receitas com publicidade no celular tende a crescer significativamente.
De acordo com o relatório da empresa, a publicidade pelo celular fará com que as receitas das operadoradoras com serviços de dados móveis aumente 10% nos próximos cinco anos.
Ainda segundo o estudo, os serviços de dados móveis deverão ser responsáveis por mais de 33% das receitas das operadoras em âmbito mundial até 2013, tornando esse mercado estratégico para as teles e uma grande oportunidade para os anunciantes.
Para Jan Ten Sythoff, gerente de conteúdo móvel da Pyramid e co-autor do estudo, as plataformas de publicidade móvel e de internet ganharão parte da participação de mercado dos formatos tradicionais anúncios no curto prazo, apesar do esperado declínio geral nas despesas publicitárias nos próximos dois anos.
A estimativa é que essas novas formas de publicidade crescerão mais com a recuperação econômica, prevista para ocorrer a partir de 2011.
"Até 2013, as plataformas móvel e de internet, juntas, serão responsáveis por aproximadamente 12% das receitas publicitárias nos mercados emergentes e por 30%, em países desenvolvidos", revelou Sythoff.
O relatório da Pyramid identifica oito mercados em desenvolvimento nos quais a publicidade móvel está ganhando terreno de forma mais acelerada: Brasil, China, Indonésia, México, Romênia, Rússia, África do Sul e Turquia.
Segundo o estudo, juntos, esses países serão responsáveis por mais de 35% dos assinantes móveis globais até 2013. "A África do Sul e a Indonésia destacam-se como mercados onde as receitas com publicidade móvel já superarão os gastos com propagandas na internet já neste ano", disse Sythoff.
De acordo com o analista, o desenvolvimento da publicidade móvel é beneficiado pela evolução das redes móveis 3G, mas até mesmo os serviços básicos, tais como os de mensagens patrocinadas e sistemas de alerta, estão possibilitando às marcas alcançarem uma audiência mais ampla e tirarem o máximo do canal móvel.
"Por exemplo, as abordagens via SMS podem ajudar as companhias a alcançarem mais de 60% da audiência móvel em mercados emergentes imediatamente, e
praticamente todos os assinantes em cinco anos", acrescentou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.