Algar somou R$ 64,6 milhões em ofertas vencedoras no leilão do 5G

Para sair do leilão do 5G com faixas de 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz em sua área de concessão, a Algar Telecom se comprometeu com ofertas de R$ 64,693 milhões. Em fato relevante na noite desta sexta-feira, 5, a operadora mineira comemorou os resultados.

"Todos os lotes obtidos são regionais e estão na área original de atuação da Algar Telecom, onde a companhia opera desde 1954 e que abrange 87 municípios dos estados de Minas Gerais, São Paulo, Goiás e Mato Grosso do Sul", afirmou a empresa, que projeta serviços inovadores para clientes da região.

No segundo dia do leilão, a Algar arrematou cinco dos seis lotes regionais de 26 GHz disponíveis no Triângulo Mineiro. Pelo conjunto de 1 GHz nas ondas milimétricas foi acordado pagamento de R$ 5,343 milhões. Isso não inclui futuros aportes para projetos de escolas conectadas, ou nove vezes o valor mínimo de cada bloco adquirido em 26 GHz.

Notícias relacionadas

Já nas outras faixas, as cifras ofertadas pela Algar foram de R$ 2,350 milhões (no regional de 80 MHz em 3,5 GHz) e R$ 57,0 milhões (no lote de 40 MHz em 2,3 GHz). "Os valores mínimos previstos em edital deverão ser pagos em reais com a possibilidade de parcelamento em até 20 anos, e, os valores dos ágios serão destinados a investimentos para a oferta de serviços 5G em municípios com menos de 30 mil habitantes", explicou a empresa.

No caso, os valores mínimos a serem pagos em dinheiro são R$ 512 mil para o 3,5 GHz e R$ 5,057 milhões no 2,3 GHz, conforme termos do edital. Compromissos de atendimento a pequenas localidades completam a conta. Os sete lotes arrematados pela Algar terão prazos de 20 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.