ProTeste recomenda que donos de Galaxy SIII com defeito procurem a Justiça

A associação de consumiores ProTeste recebeu mais de 1 mil reclamações de consumidores proprietários do Galaxy SIII da Samsung que estão tendo problemas com seus aparelhos. Segundo a associação, trata-se de um assunto coletivo, mas apesar disso a empresa se negou a chamar todos os propriertários afetados para a resolução do problema, troca do aparelho ou o ressarcimento dos valores desembolsados, como garante o artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Aparentemente trata-se de um defeito de hardware localizado na placa mãe do aparelho, o que exigirá sua substituição, mas os relatos dos consumidores é que os equipamentos vão e voltam da assistência técnica com o mesmo defeito. Em contato com o SAC da empresa, os consumidores são orientados a “resetar” o aparelho e reiniciar, mas o problema permanece.

A empresa, segundo a associação, não respondeu ao ofício, enviado no último dia 14, pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, do Ministério da Justiça, pedindo providências.

“A PROTESTE está orientando os consumidores que estão com o celular Galaxy SIII com defeito a entrar em contato com a entidade, que irá intermediar o caso junto à Samsung e, caso não tenha sucesso em 10 dias, irá fornecer um modelo de petição para dar entrada no Juizado Especial Cível, mesmo que o aparelho esteja fora da garantia”, diz a entidade em nota.

Este noticiário pôde atestar o problema no Samsung SIII, mas a despeito de vários testes de software, não foi possível isolar o problema. Aparentemente, o problema dos usuários teria começado após uma atualização da versão do Android do aparelho (4.1.2), mas mesmo após a reinstalação da versão de software original do aparelho o problema permanece. Inclusive com versões não oficiais do Android (CyanogenMod 10.1 e 10.2, Paranoid Android e outras alternativas), o problema de travamento constante permanece, e parece estar associado ao processo de sincronização com aplicativos do próprio Google. Há uma semana este noticiário questionou a assessoria da Samsung sobre o problema, sem resposta.
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.