DirecTV fatura US$ 7,88 bilhões no terceiro trimestre

A DirecTV divulgou no balanço do terceiro trimestre de 2013 um aumento de 6% (para US$ 7,88 bilhões) em suas receitas, com lucro operacional de US$ 1,15 bilhão (crescimento de 15%) e ganho por ação de US$ 1,28 (aumento de 42%, em relação ao mesmo período do ano anterior). Segundo a empresa, o crescimento se deu principalmente por conta de um ARPU maior na DirecTV US, bem como o crescimento da base na América Latina (DTVLA) e nos Estados Unidos nos últimos 12 meses. O crescimento foi amenizado por um ARPU menor na DTVLA.

Também afetou positivamente o balanço o fim de uma disputa judicial com o Ecad (Escritório Central de Arrecadação) no Brasil, que resultou no pagamento de US$ 92 milhões por parte da DTVLA. Com isso, a operadora deixou de gastar US$ 128 milhões, que já estavam debitados. O ganho é composto por uma redução em "Broadcast Programming and Other" de US$ 70 milhões, uma redução de "Despesa com juros" de US$ 37 milhões e US$ 21 milhões em "Outros".

A DTVLA, que inclui a Sky, apresentou aumento na receita de 5%, chegando a US$ 1,16 bilhão, impulsionado pelo crescimento da base em toda a América Latina e amenizado pela queda de 11,7% do ARPU (chegando a US$ 49,42), motivada principalmente pelo câmbio desfavorável.

O aumento líquido da base caiu substancialmente na região para 260 mil novos assinantes, contra 543 mil no mesmo período de 2012, como resultado de redução no crescimento bruto da base (de 1,081 milhão para 1,023 milhão) e de aumento no churn (de 1,91% para 2,27%).

A Sky Brasil fechou o período com 5,26 milhões de assinantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.