Anatel adia decisões sobre a Oi

O Conselho Diretor da Anatel adiou, nesta quinta-feira, 5, qualquer decisão sobre a Oi. Em reunião reservada, o conselheiro Igor de Freitas retirou de pauta o relatório de acompanhamento econômico especial da prestadora e pediu prorrogação do prazo de relatoria do processo de acompanhamento econômico-financeiro do grupo.

Freitas também pediu vista da proposta do segundo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) da Oi, relativo aos temas de direito e garantias dos usuários, fiscalização e interrupções sistêmicas, relatado pelo conselheiro Otávio Rodrigues.

O Tribunal de Contas da União (TCU) já suspendeu a proposta de TAC da Oi e não deve aprovar antes de uma solução para a recuperação judicial da companhia.

Já o processo relatado pelo conselheiro Leonardo Euler de Morais, que pode ou não dar início ao processo de caducidade da Oi, sequer entrou em pauta. A agência pretende aguardar a evolução dos fatos ao longo da próxima semana, sobretudo na reunião de conselho da Oi, a ser realizada dia 11, que pode aprovar os termos da proposta de recuperação judicial da empresa a ser encaminhada para a Justiça.

(Atualizada às 20:00 – A Oi realizou uma reunião extraordinária do Conselho de Administração nesta quinta, 5. A Anatel acompanhou a reunião)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.