Publicidade
Início Newsletter Oi nega acordo com fundo abutre EMC

Oi nega acordo com fundo abutre EMC

Foto: pixabay.com/pexels.com

A Oi comunicou ao mercado nesta quarta-feira, 5, que não está negociando com o fundo Elliot a fim de amortizar a dívida de R$ 65 bilhões. Em comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a companhia respondeu à solicitação de esclarecimentos da entidade acerca de reportagem do jornal O Globo veiculada na terça, 4, que afirma que o “fundo abutre” Elliot estaria disposto a investir R$ 10 bilhões no grupo brasileiro. No comunicado, a Oi afirma que foi procurada pelo fundo, que estaria, de fato, visando aporte na brasileira, mas as conversas “não seguiram adiante e tampouco se materializaram em uma proposta firme”. A companhia afirma ainda não ter conhecimento de negociações atuais com o fundo.

O fundo norte-americano Elliot Management Corporation (EMC) é do bilionário Paul Singer, que tem ainda a unidade de offshore das Ilhas Cayman NML Capital Limited, que lhe deu a fama de “fundo abutre”. Singer usou a estratégia de comprar títulos soberanos de países em dificuldades financeiras, como na Argentina e no Peru, para depois cobrar os juros.

Notícias relacionadas

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile