Oi tem 1,4 milhão de "assinantes combo"

O início da venda conjugada de serviços pelas empresas ligadas ao grupo América Móvil – Claro, Net Serviços e Embratel – já provoca reações da concorrência. A Oi, por exemplo, divulgou seus planos “Combo”, dentro do programa “Oi Conta Total”, no qual as tarifas dos serviços de telecom comprados da operadora, incluindo telefonia fixa, móvel, banda larga fixa e móvel e TV por assinatura, chegam ao cliente  em uma mesma conta. A promessa da companhia é de que os consumidores terão custos reduzidos ao optarem pelos pacotes.

Notícias relacionadas
Roberto Guenzburger, diretor de produtos de mobilidade da Oi, afirma que em pouco mais de seis anos alcançaram 1,4 milhão de clientes combo. “Lançamos esta modalidade de serviço recentemente no Centro-Oeste e temos visto bons resultados por lá”, comenta. Nesse número, estão incluindo assinantes que têm uma combinação dos serviços, mas não necessariamente todos eles ao mesmo tempo.

De acordo com o executivo, a grande aposta para alavancar o serviço de televisão via satélite (DTH) da Oi é o acordo com a Globosat para oferta de canais do grupo. “Tornará nossa TV mais competitiva”. O acordo, contudo, ainda não foi finalizado.

Guenzburger aproveitou para alfinetar o anúncio da concorrência. “Isso só ajuda o mercado e o consumidor, especialmente quando a gente vê a concorrência fazendo algo que iniciamos há alguns anos. Aí temos a certeza que estamos no caminho certo”.

O executivo também diz que a perda de clientes na telefonia fixa deve ser sanada com a venda de serviços combinados, que trazem vantagem àqueles que assinam diversos serviços em um mesmo pacote. “O nosso futuro é a convergência é nisto que vamos apostar, pois acreditamos que dessa maneira a empresa cria valor para o cliente”, pontua.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.