Publicidade
Início Newsletter SES cresce no semestre em meio a rumores de fusão com a...

SES cresce no semestre em meio a rumores de fusão com a Intelsat

Reportando resultados financeiros com crescimento nas receitas durante o primeiro semestre de 2022, a SES pode ser protagonista de um novo capítulo da consolidação no mercado de satélites ao ser ligada a uma possível fusão com a Intelsat.

A ocorrência de “ativas discussões” entre as duas companhias foi reportada pela publicação Financial Times. As tratativas estariam em fase inicial, mas poderiam gerar um grupo com receitas anuais de 4 bilhões de euros. Em conferência com investidores nesta sexta-feira, 5, o CEO da SES, Steve Collar, evitou abordar o assunto diretamente, mas também não negou as tratativas.

“Não vamos comentar mais do que já fazemos sobre rumores de mercado e da indústria. Geralmente, a consolidação do mercado é uma coisa boa e acho que resulta na racionalização do setor. É claro que, do ponto de vista da SES, faremos as coisas apenas no melhor interesse de nossos acionistas”, declarou Collar, de acordo com o portal Via Satellite.

Notícias relacionadas

A própria SES concluiu há pouco um importante movimento de consolidação ao comprar a DRS Global Enterprise Solutions (GES) do grupo italiano Leonardo por US$ 450 milhões. Como mercado, a indústria de satélites tem as negociações entre Eutelsat e OneWeb e a compra da Inmarsat pela Viasat como principais movimentos recentes de M&A.

Adiamento

Já os lançamentos dos seis primeiros satélites da frota O3b mPower foram novamente adiados pela operadora, passando do terceiro trimestre deste ano para o quarto. Segundo a SES, a intenção é iniciar a operação comercial da constelação de próxima geração no segundo trimestre de 2023 – a previsão era de que o sistema já estaria operando ao final de 2022.

Semestre

Nos seis primeiros meses de 2022, a SES reportou receita de 899 milhões de euros, em crescimento de 2,8% na comparação com o mesmo período do ano passado. Do total, 511 milhões de euros vieram da vertical de vídeo (queda de 5,1% em um ano) e 387 milhões de euros, da vertical de redes (alta de 2,1% frente ao primeiro semestre de 2021).

Já o Ebitda reportado da empresa ficou estável em 545 milhões de euros, enquanto o lucro líquido ajustado para os seis primeiros meses de 2022 somou 168 milhões, em alta de 10%. Da previsão de receitas da SES para 2022 (1,75-1,8 bilhão de euros), 90% já estaria garantida por contratos em vigor.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário Cancelar resposta

Sair da versão mobile